top of page

Sistema de plantio escolar sustentável

Conheça o projeto do Professor Sergio Luis de Araujo Lopes Junior, Colégio Liceu Franco-Brasileiro (Rio de Janeiro), que ficou em 2º lugar na categoria Escola Privada do Prêmio de Robótica Educacional - Edição 2022.


Descrição da boa prática


Este relato traz a experiência vivenciada através da ideação, prototipagem e construção de um sistema de plantio escolar sustentável e automatizado com reutilização de água da chuva. Este projeto foi planejado e desenvolvido por alunos do nono ano do ensino fundamental II.


Esta proposta teve como objetivo geral investigar a experiência da implementação da metodologia ativa de aprendizado baseado em projetos (Project Based Learning), como ferramenta educativa durante o período de ensino “híbrido” imposto pela pandemia da SARS-CoV-2.


Buscando proporcionar aos alunos um processo de reflexão sobre o meio ambiente, métodos de produção, práticas socioambientais e protagonismo, ao intervir de forma criativa e tecnológica no ambiente escolar. Desta forma, o projeto fortaleceu e favoreceu o desenvolvimento de conhecimentos de ciências, programação e eletrônica, além de proporcionar maior protagonismo aos alunos envolvidos no projeto.


Impacto do projeto


Esse processo proporcionou aos estudantes a revisão dos conhecimentos tecnológicos e a familiarização com a metodologia de aprendizagem baseada em projetos (Project Based Learning), que segundo NOORDIN, et al (2011) tem como características o desenvolvimento de habilidades técnicas específicas, habilidades de comunicação, argumentação, trabalho em equipe e aplicação direta do conhecimento e aprendizado durante o processo de desenvolvimento e implementação do projeto.


Dessa forma, começou a ocorrer a troca e a difusão de conhecimento entre os alunos que estavam no modelo remoto e presencial na escola. Os grupos de trabalhos favoreceram a união, cooperação e troca de conhecimentos de forma didática, sem que eles mesmos percebessem que estavam construindo conhecimentos com múltiplos aprendizados. Destacamos, a seguir, o registro fotográfico de uma dessas etapas.


Durante o processo de definição das hortaliças, os alunos puderam ter aulas e debates sobre produtos orgânicos e agrotóxicos. Por outro lado, o grupo do presencial começou a construir a montar a estrutura, ver conceitos de angulos, graus e recursos maker como, utilizar martelo, furradeiras.


---------------------------------

Inscrições abertas para a edição de 2023


As inscrições para o Prêmio Seymour Papert-Paulo Freire de Robótica Educacional estão abertas e podem ser feitas por professores de escolas públicas e privadas.


A ideia é reconhecer projetos de robótica que impactem positivamente no aprendizado dos estudantes. Basta ter um projeto com resultados relevantes, fazer todo o registro do seu percurso e provar com evidências esses resultados.


Se inscreva pelo formulário eletrônico https://forms.gle/iV2xo1AzPcjSTTs8A e faça o pagamento da taxa de inscrição.





bottom of page